Notícias | Nova York, 17/01/2019

"Minha História" lidera a lista de best-seller da Amazon há dois meses

“Minha História”, a autobiografia da ex-primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, é o livro de não-ficção mais vendido nos Estados Unidos em 2018. E, de acordo com o jornal USA Today, é a publicação mais bem-sucedida do último ano. Publicado simultaneamente pela Penguin Random House nos Estados Unidos, Grã-Bretanha, Alemanha, dentre outros países, no dia 13 de novembro, o livro ocupa o topo da lista semanalmente atualiazada da Amazon dos 20 livros de não-ficção mais vendidos e mais lidos de todos os tempos.

De fato, nenhum outro livro político ou biografia tem liderado em 1° lugar por tanto tempo desde que a Amazon começou a registrar esse tipo de conteúdo, em 1995. Apenas sete outros livros obteram todo esse sucesso na Amazon. Isso inclui os quatro volumes de Harry Potter, de J.K Rowling, a série "O Código Da Vinci", de Dan Brown (2003), e "50 Tons de Cinza" (2012), ambos publicados pela Random House.

Também no topo das listas internacionais

"Minha História" também permanece no topo de outras listas de best-seller mais importantes do mundo. Desde sua publicação, em novembro de 2018, o livro está em primeiro nas listas do New York Times, nos Estados Unidos, do Sunday Times, da Grã-Bretanha e do Spiegel, na Alemanha.

O livro foi publicado pela Crown Publishing nos Estados Unidos e no Canadá. Na Grã-Bretanha, pela Viking, e, na Alemanha, pela Goldmann. Ambas as editoras são parte da Penguim Random House e da Verlagsgruppe Random House, respectivamente. A Penguim Random House é responsável pela publicação do “Minha História” em países de língua espanhola. No Brasil, a editora é a Companhia das Letras. A biografia de Michelle Obama também vendo sendo impressa em mais de 30 línguas.

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama também terá sua biografia a ser lançada pela Penguin Random House, a data de publicação ainda não foi definida.