Notícias | Gütersloh, 17/05/2019

Dois anos de 'be.queer': mais visibilidade para a comunidade LGBTIQ

Hoje é o Dia Internacional contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia. Há dois anos, a "be.queer" foi lançada exatamente nessa data. A "be.queer" é a primeira rede entre as divisões da Bertelsmann na Alemanha que defende um ambiente de trabalho aberto para todos os colaboradores, independentemente de sua identidade ou orientação sexual. Ao contribuir para uma cultura corporativa inclusiva, a "be.queer" busca melhorar a atratividade da Bertelsmann como empregadora e parceira de negócios. A rede tem como objetivo sensibilizar as pessoas para as questões lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros, intersexuais e queer (LGBTIQ), tornando-as mais visíveis e desmantelando possíveis reservas que possam ter sobre elas. 

No dia 10 de maio, quinze representantes de várias divisões se reuniram com o CEO da Bertelsmann Thomas Rabe, em Gütersloh, onde apresentaram o desenvolvimento da rede até os dias de hoje e seus planos de crescimento.

"Estou impressionado com o grande empenho e criatividade de nossos colegas. A rede é um excelente exemplo de colaboração em nossa empresa. A "be.queer" está fornecendo valor agregado para a Bertelsmann", disse Thomas Rabe, CEO da Bertelsmann, sobre o compromisso da "be.queer". Ele garantiu à rede seu apoio futuro como “Executive Sponsor”.

Cartazes por toda a Alemanha

Desde a sua criação, a "be.queer" conseguiu mobilizar cerca de 20 colegas em todas as divisões da empresa, que dedicam seu tempo a uma equipe abrangente. Até o momento, a rede organizou mais de 100 encontros em várias instalações da Bertelsmann. O boletim trimestral, publicado em inglês e alemão, foi enviado para mais de 300 interessados. Uma campanha interna de cartazes foi montada no primeiro ano da rede e agora está alcançando instalações internacionais: os cartazes estão expostos na “RTL City”, em Luxemburgo, na Arvato, em Dublin, na BMG, em Londres, e entre outros lugares. Além do diretor de Recursos Humanos Immanuel Hermreck, a rede ainda conta com uma série de novos “Executive Sponsors”: Julia Jäkel (CEO da G+J), Kai Burr (diretor de recursos humanos da Arvato Financial Solutions), Matthias Moeller (CEO da Bertelsmann e da Arvato Systems), Nico Hofmann (CEO da UFA) e Rhys Noelke (vice-presidente de estratégia e desenvolvimento de negócios do RTL Group). "Conquistamos muito nos últimos dois anos", disse o porta-voz do "be.queer" Michael Lauk. "A Be.queer já é conhecida em muitas unidades da Bertelsmann. Também estabelecemos muitos contatos internacionais e pretendemos expandi-los ".

No Dia Internacional contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia, a Bertelsmann lança um sinal em favor de uma maior tolerância: Arvato Systems, Arvato Financial Solutions, Gruner + Jahr, UFA e Majorel estão pendurando a bandeira do arco-íris em várias sedes alemãs e alguns estão lançando uma campanha de fotos. Uma recepção da "be.queer" será realizada na Verlagsgruppe Random House, e o Dia Internacional contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia também será destacado por exibições e um prato especial nos restaurantes da empresa Cultina, assim como no Corporate Center.

Bertelsmann é uma “Prout Employer” na Alemanha

"Queremos mais diversidade em todos os aspectos e em todos os níveis do Grupo. Ao apoiar a "be.queer" estamos enviando um sinal claro, tanto interno quanto externo, de que permitimos que todos contribuam juntamente com seus pontos fortes", disse Immanuel Hermreck, CHRO da Bertelsmann, explicando seu apoio à rede "be.queer". Como membro da fundação “Prout at Work”, que promove um ambiente de trabalho aberto em relação à identidade e orientação sexual, a Bertelsmann é agora um dos 36 "Prout Employers" na Alemanha.

Este ano, o foco das atividades será aumentar sua visibilidade. Por exemplo, a “be.queer” planeja participar do Christopher Street Days em Colônia, Munique, Hamburgo e Karlsruhe, assim como na feira de negócios LGBTIQ "Sticks & Stones". Judith Gördes, VP Employer Branding e Talent Acquisition da Bertelsmann, celebra o apoio da rede em abordar possíveis novos colaboradore. "Nossos diversos negócios precisam de pessoas com diversos perfis. É assim que tornamos a Bertelsmann conhecida em uma ampla variedade de redes. A "Sticks & Stones" oferece uma oportunidade ideal para nos posicionarmos como um empregador na comunidade LGBTIQ. Estamos contentes com o apoio de nossos colegas da "be.queer" no stand da feira."