Notícias | Gütersloh, 07/05/2019

Bertelsmann melhora seu posicionamento em responsabilidade corporativa

A Bertelsmann conquistou um bom resultado no "CDP Rating". O "Carbon Disclosure Project (CDP)" avalia a gestão das emissões de gases de efeito estufa nas empresas. É uma das várias classificações externas de Responsabilidade Corporativa que os clientes usam para avaliar a implementação de padrões ecológicos e sociais na Bertelsmann.

Os clientes estão exigindo cada vez mais a implementação desses padrões nas empresas - incluindo na Bertelsmann. Com os resultados das classificações externas de CR, as empresas da Bertelsmann podem responder às perguntas de seus clientes sobre o assunto e documentar seu desempenho no campo da Responsabilidade Corporativa. "Nosso cliente Intel, por exemplo, exige participação no programa CDP Climate Change e espera uma meta de redução", diz Robert Aitken, que é responsável pela Intel como Key Account Mannager na Arvato SCM.

O aumento das necessidades dos clientes em termos de Responsabilidade Corporativa reflete a evolução do ambiente político, como, por exemplo,  como a introdução dos relatórios não financeiros e requisitos de due diligence na União Europeia. Como resultado, grandes empresas centradas no mercado de capitais têm que enfrentar uma demanda maior de transparência que, por sua vez, transmite para sua cadeia de fornecedores. Essa tendência está sendo adotada por agências de classificação especializadas que se especializaram na avaliação de empresas quanto ao fator sustentabilidade. Durante anos, a Bertelsmann foi avaliada por agências de classificação de CR, também a pedido dos clientes. Os resultados dessas classificações são usados pelas empresas para avaliar potenciais parceiros de negócios e provedores de serviços.

"Estes resultados são um grande estímulo em termos de nosso compromisso futuro"

No atual CDP-Rating "Mudanças Climáticas", a Bertelsmann melhorou da classe C- para a C e está novamente acima da média dentro da comparação do setor. Essa avaliação é baseada em informações detalhadas sobre emissões de gases de efeito estufa, consumo de energia e gerenciamento de riscos. O bom resultado deve-se principalmente ao estabelecimento de objetivos ambientais e à trajetória de redução que o Grupo segue. Além disso, Bertelsmann ganhou o Goldstatus da Ecovadis pela primeira vez em 2018 e também recebeu o rating "C+" da "ISS oekom", o que lhe permitiu alcançar o "status Prime" dentro do setor de mídia. No Rating ESG, destinado a investidores da MSCI, o consórcio conseguiu manter a classificação "AA" em 2018.

"O aprimoramento de nossa responsabilidade corporativa tem um impacto direto em nossas atividades comerciais", disse o diretor de Recursos Humanos, Immanuel Hermreck, que é diretamente responsável pelo departamento de Responsabilidade Corporativa e Gestão de Diversidade. A fim de reduzir o esforço e os custos envolvidos nas solicitações externas de classificação e, ao mesmo tempo, garantir a qualidade e a consistência das informações, as classificações são gerenciadas pela Responsabilidade Corporativa e Gestão de Diversidade no Centro Corporativo, tendo em vista o Grupo como um todo. Em colaboração com outros departamentos do Centro Corporativo e, em consulta com representantes das divisões, informações relevantes são coletadas e preparadas para classificações individuais.