Press Release | Gütersloh, 17/05/2019

Bertelsmann inicia 2019 com crescimento de receita

  • As receitas no primeiro trimestre de 2019 aumentaram em € 4,21 bilhões, a maior no primeiro trimestre desde 2008
  • Crescimento orgânico melhora em 3,5%
  • Negócios de alto crescimento mostram crescimento de receita orgânica de 12,8%
  • Avanço estratégico em todas as divisões

A Bertelsmann iniciou o ano fiscal com crescimento orgânico e aumento expressivo de suas receitas no primeiro trimestre de 2019. O resultado positivo foi impulsionado pelo crescimento dos negócios, especialmente no segmento de digital. As receitas do Grupo tiveram elevação de 5,4%, chegando a € 4,21 bilhões, ante os € 3,99 bilhões do mesmo período no ano anterior. Foi o melhor primeiro trimestre da Bertelsmann desde 2008.

O crescimento orgânico aumentou em 3,5%. Os negócios de alto crescimento da Bertelsmann também tiveram bom desempenho, registrando um crescimento orgânico de 12,8% e participação total na receita 34%.

"O começo desse ano foi muito promissor. A Bertelsmann olha para um dos seus melhores primeiros trimestres nos últimos anos e observa que a expansão estratégica de nossos negócios de alto crescimento está dando cada vez mais frutos. Nos primeiros meses de 2019, mais uma vez fizemos um progresso considerável na implementação da nossa estratégia: um dos focos foi o aumento no estabelecimento de colaborações, como a Bertelsmann Content Alliance na Alemanha. Continuaremos a investir na criatividade e no empreendedorismo de nossos negócios ao longo do ano, e estamos confiantes de que vamos atingir nossas metas o ano inteiro", avalia o presidente e CEO, Thomas Rabe.

A Bertelsmann fez vários avanços estratégicos nos últimos meses: o Grupo RTL aumentou suas receitas digitais em 15,8% no primeiro trimestre, para €220 milhões (no mesmo trimestre do ano passado: €190 milhões). O número de inscritos nas plataformas de vídeo sob demanda na Alemanha e na Holanda aumentou 59%, em relação ao ano anterior, para 1,15 milhão. Os sucessos da sua produtora Fremantle incluem a segunda temporada da série "American Gods" e o show de talentos "America's Got Talent: The Champions".

A Penguin Random House apresentou um forte rendimento com seu best-seller.  A autobiografia de Michelle Obama, "Becoming", continuou a ter forte desempenho de vendas, com mais de 10 milhões de cópias vendidas até março. Em 1° de abril, o grupo adquiriu a editora infantil britânica Little Tiger Group.

Os negócios digitais da Gruner + Jahr continuaram a crescer, impulsionados principalmente pelo desempenho da plataforma de busca de aplicativos, Applike, e pelas atividades digitais do Territory.

A BMG expandiu sua presença na Ásia com a abertura de um escritório em Hong Kong. Em abril, tanto Richard Marx quanto a banda Seeed assinaram contratos com a BMG.

Em janeiro, a Arvato concluiu a combinação de seu negócio global de gerenciamento de relacionamentos com clientes (CRM) com os do Saham Group, do Marrocos, para formar uma nova empresa chamada Majorel. A Arvato SCM Solutions abriu outro centro de logística em Hong Kong. O provedor de logística para a indústria de livros VVA está investindo na modernização e na expansão de seu local em Gütersloh.

O Bertelsmann Printing Group renovou vários contratos de impressão. Em abril, a Bertelsmann realinhou sua estrutura e equipe de negócios globais de impressão, entre outras iniciativas, intensificando a colaboração entre as gráficas na Alemanha. Em abril, a Sonopress expandiu sua colaboração com a Warner Music Group e assumiu a produção de CDs para o mercado dos EUA.

O provedor de e-learning Relias, subsidiária da Bertelsmann Education Group que gera as maiores receitas, mais uma vez registrou crescimento de dois dígitos no primeiro trimestre de 2019. A plataforma de treinamento corporativo Udacity lançou um novo programa de nanodegree no campo de Engenharia de Dados. A Bertelsmann também anunciou que nos próximos três anos concederá cerca de 50.000 bolsas de estudo Udacity em todo o mundo nas áreas de Cloud, Data e Inteligência Artificial (IA) para ajudar a combater a falta de especialistas digitais.

Através de seus quatro fundos reunidos na Bertelsmann Investments, a Bertelsmann expandiu sua rede internacional para 194 holdings em empresas jovens desde 31 de março de 2019. Desde 2006, a Bertelsmann investiu cerca de um bilhão de euros dessa maneira, dos quais mais de €600 milhões já foram devolvidos durante esse período.

"Tivemos um primeiro trimestre muito bem-sucedido. Continuamos a esperar receitas maiores e continuamos com alta lucratividade operacional durante o ano todo. O lucro do nosso Grupo deve ultrapassar novamente a marca de bilhões de euros." disse Bernd Hirsch, Chief Financial Officer da Bertelsmann.

Sobre a Bertelsmann

A Bertelsmann é uma empresa de mídia, serviços e educação que atua em cerca de 50 países no mundo todo. O conglomerado empresarial compreende o grupo televisivo RTL Group, o grupo de editoras de livros Penguin Random House, a editora de revistas Gruner + Jahr, a empresa de música BMG, a prestadora de serviços Arvato, o Bertelsmann Printing Group, o Bertelsmann Education Group e a rede internacional de fundos Bertelsmann Investments. Com 117 mil colaboradores, a empresa registrou no exercício de 2018 um faturamento de 17,7 bilhões de euros. A Bertelsmann é sinônimo de espírito empreendedor e criatividade. Tal combinação viabiliza conteúdos de mídia da mais alta qualidade e soluções inovadoras em serviços que encantam clientes em todo o mundo.