Press Release | Gütersloh, 08/11/2018

Bertelsmann aumenta suas receitas em nove meses para o maior nível desde 2007

  • As receitas aumentaram para 12,4 bilhões de euros
  • Crescimento orgânico melhorou em 2,6%
  • Os negócios em alto crescimento do Grupo aumentaram em 10% e atingiram 4,2 bilhões de euros
  • EBITDA operacional antes de efeitos cambiais negativos excede o alto nível do ano anterior
  • Bertelsmann planeja empresa pioneira em CRM com o Saham e segue expandindo divisão educacional com a aquisição do OnCourse Learning
  • Previsão para o ano inteiro confirmada

Após os nove primeiros meses de 2018, o Grupo internacional de mídia, serviços e educação continua registrando desempenho positivo nos negócios, com crescimento de receita e EBITDA operacional em alto nível.

Apesar dos efeitos negativos da taxa de câmbio, a receita da Bertelsmann aumentou 2,4% em termos anuais no final de setembro de 2018, atingindo 12,4 bilhões de euros. No ano anterior, o valor foi de 12,1 bilhões de euros. Este é o maior nível desde 2007. O crescimento orgânico melhorou em 2,6%. Os negócios de alto crescimento do Grupo registraram um aumento orgânico de 10% em suas receitas, alcançando 4,2 bilhões de euros. Entre plataformas de crescimento da Bertelsmann, estão os negócios digitais do RTL Group e Gruner + Jahr, Fremantle e BMG, as atividades de logística e serviços financeiros da Arvato, além do Bertelsmann Education Group.

Com 1,62 bilhão de euros, o EBITDA operacional manteve-se em nível elevado. No ano passado, registrou 1,64 bilhões de euros. Desconsiderando o impacto negativo das taxas de câmbio, o EBITDA operacional cresceu um ponto em relação ao ano anterior. O efeito particularmente positivo foi a evolução da Arvato, enquanto o Bertelsmann Printing Group influenciou negativamente os resultados. Além disso, o resultado do ano anterior havia sido induzido positivamente pela venda de um imóvel. A margem EBITDA foi de 13,1% (ano anterior: 13,5%). Com 671 milhões de euros (ano anterior: 694 milhões de euros), os lucros corporativos da Bertelsmann voltaram a atingir um nível muito elevado.

“Financeiramente, 2018 está indo bem para a Bertelsmann. Nosso perfil de crescimento continua melhorando”, afirmou o presidente e CEO da Bertelsmann, Thomas Rabe. “Por exemplo, nossos negócios em expansão alcançaram um crescimento orgânico de 10%. Esse desempenho positivo é acompanhado por grandes avanços na execução de nossa estratégia nos últimos meses. Estamos abrindo um novo capítulo para nossos negócios de CRM na Arvato e firmando uma parceria de longo prazo com o Saham. O grupo recém-formado ocupará posições de liderança no mercado Europeu, Africano e no Oriente Médio, combinado com uma forte presença na América e na Ásia. Além disso, fortaleceremos nossas atividades educacionais nos Estados Unidos com a aquisição da OnCourse Learning”, finalizou Rabe.

Em setembro, a Bertelsmann anunciou que a união da maior do negócio de Customer Relationship Management (CRM) da Arvato com as atividades do grupo Saham. A nova empresa será uma subsidiária consolidada da Bertelsmann e gerará receitas de cerca de 1,2 bilhão de euros, com aproximadamente 48.000 funcionários em 25 países. A transação aguarda a aprovação das autoridades competentes e o processo de consulta com os representantes dos funcionários. A nova empresa deverá ser formada em janeiro de 2019.

O RTL Group continua a registrar evolução positiva em seus negócios. O desempenho positivo da Fremantle e o crescimento dos negócios digitais contribuíram especialmente para isso. Os canais do grupo defenderam suas posições nos mercados de publicidade da Alemanha, França e Holanda. A plataforma de vídeo online “Videoland”, parte da RTL Nederland, registrou um aumento percentual de três dígitos em termos de assinaturas pagas.

Nos Estados Unidos, a Penguin Random House colocou nos primeiros nove meses do ano um total de 373 títulos nos rankings mais vendidos do "New York Times", 50 dos quais conquistaram o primeiro lugar. Na Alemanha, a Verlagsgruppe Random House adquiriu a editora de audiobooks DAV, expandindo assim sua oferta no mercado de áudio em rápido crescimento.

A Gruner + Jahr reforçou o foco em seus principais mercados, Alemanha e França. A expansão contínua dos provedores de comunicação de conteúdo Territory e AppLike tiveram também efeito positivo. Em setembro, a subsidiária apresentou seus planos para uma nova sede editorial em Hamburgo, na cidade de Hafen. A mudança está prevista para 2021. 

A BMG conseguiu concluir uma série de compras e assinaturas, incluindo um contrato exclusivo de gravação mundial com a cantora Stefanie Heinzmann. A BMG também lançou o novo álbum do americano Lenny Kravitz, “Raise Vibration”, em setembro.

O Bertelsmann Printing Group operou em um ambiente de mercado difícil. O negócio de rotogravura, em particular, sofreu com novas quedas nos volumes e aumento dos preços do papel. Enquanto isso, a empresa de impressão offset número um na Europa, a Mohn Media, registou um desempenho positivo.

O Bertelsmann Education Group está em expansão. Em setembro, a Bertelsmann anunciou a aquisição do OnCourse Learning, provedor de educação online dos Estados Unidos. A empresa oferece cursos corporativos digitais e de treinamento avançado para os setores de saúde e serviços financeiros.

O Bertelsmann Investments realizou mais de 40 investimentos novos e complementares, bem como várias saídas bem-sucedidas por meio de seus fundos internacionais. Em 30 de setembro de 2018, a Bertelsmann possuía 185 participações, mais da metade delas via Bertelsmann Asia Investments (BAI).

“Estamos felizes com o desenvolvimento positivo dos negócios nos últimos nove meses. Para o ano inteiro, continuamos esperando receitas maiores, alta rentabilidade operacional e lucro líquido do Grupo acima de um bilhão de euros”, disse Bernd Hirsch, CFO da Bertelsmann. “A ideia é que o nosso fator de alavancagem, atualmente em 2,7, atingirá novamente nossa meta de 2,5 ou menos no próximo exercício financeiro. Por isso, somos atualmente muito seletivos quando se trata de investimentos", finalizou. 

Resumo (em milhões de euros)

 

 Jan 1, 2018 -
Set 30, 2018
Jan 1, 2017-
Set 30, 2017
Receitas do Grupo12,40712,119
EBITDA Operacional das divisões
Corporativo / Consolidação
EBITDA Operacional
1,695
(71)
1,624
1,672
(33)
1,639
ítens especiais(53)(31)
EBIT (Lucro antes de juros e impostos)1,0881,127
Resultado financeiro(161)(154)
Lucro antes de impostos de operações contínuas927973
Imposto de renda(256)(278)
Lucro após impostos de operações contínuas671695
Lucro após impostos de operações descontinuadas-(1)
Lucro do grupo671694
 
Investimentos (incluindo dívida financeira assumida)

 
726
 
949
 Saldo a partir de
Set, 30 2018
Saldo a partir de
Dez, 31 2017
Dívida econômica6,7516,213

 

Sobre a Bertelsmann

Bertelsmann é uma empresa de mídia, serviços e educação que opera em cerca de 50 países ao redor do mundo. Inclui o RTL Group de emissoras, a editora literária Penguin Random House, a editora de revistas Gruner + Jahr, a gravadora BMG, o provedor de serviços Arvato, o Bertelsmann Printing Group, o Bertelsmann Education Group e o Bertelsmann Investments, uma rede internacional de fundos. A empresa tem 119.000 funcionários e gerou uma receita de €17,2 bilhões no ano financeiro de 2017. A Bertelsmann é conhecida pelo seu empreendedorismo e por sua criatividade.  Esta combinação proporciona conteúdo de mídia de primeira classe e soluções inovadoras que inspiram clientes em todo o mundo.