Companhia das Letras

A Companhia das Letras foi fundada em 1986 por Luiz Schwarcz e Lilia Moritz Schwarcz nos fundos da gráfica que pertencia ao avô de Luiz. A editora surgiu com foco original em literatura e ciências humanas, sempre atenta à qualidade do texto, das traduções, do projeto gráfico e do acabamento em todas as etapas do processo de edição. Rumo à Estação Finlândia, do americano Edmund Wilson, foi um dos quatro primeiros títulos publicados e logo se tornou um grande sucesso; no total, foram 48 lançamentos no primeiro ano.

Em 2011, em resposta a uma crescente demanda de mercado, a Companhia das Letras iniciou sua parceria com a editora Penguin, que comprou uma participação de 45% na empresa. Em 2015, a Objetiva, referência em livros de não-ficção, autoajuda e negócios, se tornou parte do novo grupo da Companhia das Letras. Em 2018, a Penguin Random House, maior editora de livros do mundo, passou a ter 70% da Companhia das Letras e assumiu o controle da editora.

Hoje são mais de 30 anos de Companhia, 18 selos dedicados aos mais variados segmentos e cerca de 5 mil títulos publicados sem nunca perder de vista a ênfase na imaginação, na qualidade e na experiência de leitura que marcam cada um de seus livros.