Bertelsmann Investments: plataformas de investimento internacionais

A divisão Bertelsmann Investments agrupa as participações da Bertelsmann em startups em todo o mundo. Suas atividades concentram-se nas regiões de crescimento estratégico do grupo: Brasil, China e Índia, bem como nos EUA. Os investimentos são liderados pelos quatro fundos internacionais, Bertelsmann Asia Investments (BAI), Bertelsmann Brazil Investments (BBI), Bertelsmann Digital Media Investments (BDMI) e Bertelsmann India Investments (BII). Por meio deles, a Bertelsmann possui participação em mais de 185 empresas.

A China é um dos mercados de crescimento mais promissores do mundo – inclusive para a Bertelsmann. Fundado em 2008, o Bertelsmann Asia Investments (BAI) concentra-se em inovação dentro do setor de consumo, mídia social e conteúdo, de empresas globais com sede na China, além de startups com foco em tecnologia, infraestrutura e finanças. O BAI já investiu em mais de 100 startups, das quais sete empresas estão listadas em diversas bolsas e algumas conseguiram o status de “unicórnio”.

O Bertelsmann Digital Media Investments (BDMI) é um fundo de capital de risco que investe especificamente em empresas de mídia digital inovadoras e emergentes nos Estados Unidos. O BDMI oferece suporte a startups em sua rede de contatos com as divisões da Bertelsmann. O portfólio da BDMI compreende cerca de 55 investimentos, incluindo startups como a editora Clique Media, Food52, e a Jukin Media.

O Bertelsmann India Investments (BII) concentra suas participações nos setores de mídia digital, educação e serviços. Os investimentos do fundo incluem o portal de mobiliário Pepperfry e o e-commerce Kartroket. No ensino superior, a BII investiu, entre outros, na empresa de treinamento Eruditus Executive Education e na provedora de serviços educacionais iNurture. O BII também tem participações em três fundos: o Kaizen Private Equity, o Helion Venture Partners e o Nirvana Fund.

No Brasil, a Bertelsmann possui participações em diversos fundos via Bertelsmann Brazil Investments (BBI). Seus investimentos concentram-se no setor de mídia digital e educação.