Notícias | São Paulo, 18/05/2017

Bertelsmann revela novos talentos de todo o mundo

São Paulo, 18 de maio de 2017 - Todos os anos, cerca de 60 universitários de diversos países se encontram em Berlim para o Talent Meets Bertelsmann, evento que acontece na sede do Grupo alemão, e tem como objetivo revelar novos talentos com soluções criativas para diferentes modelos de negócios. No ano passado foi a vez de Juliana Damasceno, 28, estudante do interior de São Paulo, embarcar para uma viagem que mudaria não só sua vida, mas o rumo de sua carreira profissional.

 

Juliana começou uma pós-graduação na Frankfurt School of Finance & Management, em 2015, e lá conheceu o projeto da Bertelsmann voltado para os melhores estudantes de todo o mundo. “Fiquei sabendo por meio de uma postagem no blog da minha universidade, escrita por uma ex-aluna que tinha participado dois anos antes e ganhado a competição em 1º lugar. Ela descreveu o Talent Meets Bertelsmann como uma experiência maravilhosa e recomendava para todos. Fiquei animada com a empolgação dela e resolvi tentar”.

 

Nascida na cidade de Campinas, a pouco mais de 90 km da capital paulista, sempre sonhou em estudar fora do país. Para tanto, Juliana procurou por uma formação universitária mais abrangente, que abrisse caminhos para decolar em uma carreira internacional. “Queria um curso amplo, que me desse mais oportunidades de navegar por disciplinas diferentes antes de focar numa especialização só”, comenta. Depois de morar em diferentes países, como Holanda, Estados Unidos e Alemanha, aprendendo novas culturas e acumulando diversas bagagens, o Talent Meets Bertelsmann caiu para ela como uma luva. “Alguns dias depois de me inscrever, recebi o e-mail com o convite para participação. A Bertelsmann cobriria todos meus gastos de locomoção até Berlim, hospedagem e alimentação durante todo o evento”.

 

Nos dias que se seguiram, a brasileira conheceu pessoas de diversas nacionalidades que estudavam e trabalhavam nas mais variadas áreas. “Todos, sem exceção, tinham histórias diferentes para contar e tinham claramente muito potencial”, comenta. E foi com esse grupo multicultural que ela teve que inovar e elaborar um novo produto relacionado Internet of Things para a Arvato, uma das divisões da Bertelsmann e prestadora internacional de serviços terceirizados. ”Tínhamos que ser criativos, mas ao mesmo tempo apresentar um plano de negócio realista”, lembra Juliana. “Foi um desafio enorme, principalmente porque o tempo era limitado e os integrantes do grupo tinham backgrounds muito diferentes. Mas apesar do começo da atividade ser difícil e ter levado um certo tempo até que nós conseguíssemos nos ajustar. No fim foi muito gratificante”, orgulha-se.

 

No último dia, depois da premiação dos três vencedores, que ganharam viagens para Nova York, Londres e Hamburgo, os estudantes puderam comemorar o final de uma exaustiva etapa com um show exclusivo do Graham Candy, cantor representado pela gravadora musical BMG, também uma das divisões da Bertelsmann. “Todos estávamos cansados mentalmente depois de dias intensos quebrando a cabeça para apresentar o melhor resultado possível para banca de jurados, mas também muito aliviados e felizes por poder relaxar e curtir a festa de despedida”, recorda Juliana. “Foi um jeito ótimo de fechar o evento com chave de ouro”.

 

Experiência transformadora

 

A equipe da estudante brasileira não ganhou o 1º lugar da competição do ano passado, mas a experiência de ter feito parte do Talent Meets Bertelsmann marcou positivamente sua vida. “Eu já tinha participado de desafios de business cases antes, mas esse foi diferente. Independentemente de onde vier a trabalhar, me sinto mais segura sobre minhas habilidades em resolução de desafios com tempo limitado, comunicação, liderança e apresentação de resultados frente a uma banca de executivos”.

 

Não foram só os desafios que marcaram esses dias de evento, Juliana também recorda com carinho de como sentiu-se acolhida durante o processo. “Todos os participantes tiveram a impressão de terem sido escolhidos a dedo, não só porque o grupo era relativamente pequeno, mas porque os recrutadores da Bertelsmann deixavam claro, em inúmeros momentos, o quanto eles estavam felizes de proporcionar esses dias de desafios e networking com pessoas que poderiam se tornar futuros colegas de trabalho”. Os estudantes que participam do Talent Meets Bertelsmann entram para a rede de talentos da companhia que, atualmente conta com mais de 500 membros.

 

Se indicaria para outros brasileiros o Talent Meets Bertelsmann, Juliana não tem dúvida alguma: “mesmo se alguém não tenha certeza se quer trabalhar na Bertelsmann, o evento é único e imperdível. É uma oportunidade para conhecer pessoas talentosas e das mais diversas áreas, fazer networking e treinar a resolução de business cases. Se eu pudesse, participaria todo ano”.

 

As inscrições para a 10ª edição do Talent Meets Bertelsmann terminam dia 21 de maio de 2017. Mais informações em www.talentmeetsbertelsmann.com